Você tem dificuldade de colocar seus projetos em prática? Ou ao contrário, você inicia vários projetos ao mesmo tempo? E não digo só na área de um empreendimento não, muitas vezes são atividades simples do nosso dia a dia.

Já parou para pensar sobre isso? Porque que algumas pessoas realizam e outras apenas “assistem”? A nossa personalidade reflete nos nossos atos, nos nossos resultados. Não é o momento político, a crise econômica, e sim nós mesmos. Pois, pode estar tudo bem, como já esteve, e nós não colocamos aquelas idéias maravilhosas em ação. Será que tudo isso é reflexo de nossa personalidade?

Existem muitas pessoas que não conseguem realizar seus planos, seja porque são perfeccionistas e seus projetos nunca estão bons o suficiente, seja porque são sonhadoras e não conseguem materializar seus planos ou então são do tipo que começam várias coisas antes de dar fim, realizar a anterior.

Existem outras que são do tipo que estão sempre aprendendo e concentram toda sua energia na realização de seus projetos, outras que se arriscam e empreendem. Enfim, existem vários tipos de personalidades, para Carl Jung existem oito tipos de personalidades bem diferenciadas e nós nos “encaixamos” em uma delas.

Há algum tempo venho pensando sobre que tipo de pessoa eu sou, que tipo de pessoa eu tenho sido ao longo destes anos e como a minha personalidade tem refletido na minha vida e nos meus resultados.

Porque eu não coloquei certos projetos em prática quando tudo parecia favorável ou ao contrário, porque que os coloquei em um momento não muito adequado ou ainda porque que alguns projetos deram certo e outros não?

Em vez de ficar me culpando, optei por começar um longo processo de autoconhecimento, e neste processo notei que vários comportamentos e realizações que tive me apontaram para um tipo de personalidade que se eu não tivesse parado para analisar eu jamais teria percebido. Estaria encoberta neste “corre-corre” diário de ter que fazer várias tarefas ao longo do dia. Agiria de uma forma e nem me daria conta do por quê.

Comecei a entender o comportamento de certas pessoas ao meu redor e percebi que na realidade, a minha interação com elas, ou a falta de interação, se devia em muito a compatibilidade de nossas personalidades.

Alguns psicólogos acreditam que a personalidade é inalterável, que apenas podemos mudar alguns traços dela. Outros, como Alfred Adler acreditam que estamos em constante aperfeiçoamento, em constante formação até o fim das nossas vidas.

Sendo desta forma, se não estamos satisfeitos com os nossos resultados, podemos alterar nem que sejam algumas características, para que possamos mudar nossa forma de agir diante de coisas que queremos, mas que não conseguimos executá-las.

E você? Já refletiu sobre a sua personalidade e como ela está te ajudando?

Fernanda Carvalho

#teamsinergiasolucoes

© 2018 Sinergia Consultoria e Soluções.