Alguns amigos e profissionais de TI começaram a me questionar e solicitaram que eu abordasse o tema – “Privacidade na Internet”. Como eu vejo a exposição nas redes sociais, sites de “captura” (por exemplo, baixe aqui o seu e-book). Muitas vezes o objetivo é apenas gerar tráfego para o site, leads e criar uma grande “base de dados” com as informações capturadas, aproveitando a falta de informação das pessoas. Ficou confuso? Pois é, vai virar LIVE esse post em breve!

Bom, o assunto é bem delicado. Se você deseja ter privacidade na internet, sinto informar, uma vez cadastrado (a) em qualquer rede social, esqueça o anonimato e fique atento a segurança das suas informações trafegadas e divulgadas.

Mas o que fazer então? Bom, o que você deve fazer é seguir as regras básicas, assim como você faz na cidade onde você mora e nos locais onde frequenta. Por exemplo, quando você está no shopping center, por acaso você expõe de forma desnecessária informações confidenciais como endereço, telefone, no meio de uma praça de alimentação? Você informa os seus dados pessoais como telefone e endereço, expõe as suas fotos de família, enquanto está aguardando atendimento em algum estabelecimento para qualquer pessoa? Creio que não correto?

Então, na internet a sua forma de agir deve ser a mesma, evitando expor informações confidenciais. Você precisa tomar cuidado com os sites acessados, evitando assim informar os seus dados pessoais. Muitos sites utilizam a fragilidade das pessoas e capturam as informações com o propósito de enviar e-mails falsos (o famoso phishing), e com isso, encaminhar propagandas e “promessas”, expondo até mesmo o seu dispositivo. Seus dados podem ser utilizados na falsificação de documentos e negociados de forma ilegal na internet sem o seu conhecimento ou consentimento.

Voltando para as redes sociais , cuidado com Facebook, Twitter e até mesmo o LinkedIn (sim, considero como uma rede social voltada para o âmbito profissional). Seja a publicação de fotos ou até mesmo a realização de “testes” para saber com quem você se parece (quem nunca realizou no Facebook estes testes?).

Entendo que o marketing pessoal é necessário, assim como as diversas “provas sociais”, dependendo da área que você atua. Mas cuidado, a exposição em excesso pode gerar transtornos irreparáveis no futuro.

Observem atentamente o site que você está acessando, o formulários nos quais você está preenchendo, qual a finalidade, e principalmente, o site é seguro? O link que você acessou é confiável? Cuidados com links “encurtados”.

Bom, foram apenas algumas dicas e alertas, caso queiram conversar mais sobre o assunto, basta me procurar, estou sempre à disposição para ajudar!

Espero ter contribuído e nos vemos em breve com outros artigos e posts!

Bruno Bustamante

#teamsinergiasolucoes

 

© 2017 Sinergia Consultoria e Soluções.